Menu


SEMED EXPÕE ARTESANATO DE ALUNOS DA ESCOLA SANDRA MARIA

07 NOV 2017
07 de Novembro de 2017

Bolsas confeccionadas com palha de bananeira, canetas decoradas com papel reciclado, vasos ornamentados com tecidos descartados e cimento, filtros de bambu, porta treco feitos de osso, além de porta-joias e cestas de papel reciclados fazem parte da Exposição de Artesanato iniciada hoje, 7, na Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Os objetos expostos foram confeccionados por alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Sandra Maria, por meio das oficinas de artesanato do Programa Novo Mais Educação. Ao todo, 100 alunos do 3° ao 9° ano são beneficiados com o Projeto na Unidade de Ensino, sendo que, além do artesanato, os estudantes participam de atividades de acompanhamento pedagógico em Língua Portuguesa e Matemática e oficinas de teatro e karatê.

Criado em 2007 pelo Ministério da Educação, o programa Mais Educação visa fomentar a educação integral dos alunos, por meio de atividades ofertadas no contraturno escolar. Já nesta nova fase, implantada em 2017, o programa tem como foco a melhoria da aprendizagem nas disciplinas de português e matemática com vista à melhoria dos índices educacionais.

Segundo Cleonice Pires, gestora da Escola Sandra Maria, não só os discentes foram beneficiados com as atividades, mas também toda a comunidade. “Nós trabalhamos com uma comunidade carente e ao oferecermos outras atividades para o aluno, em turno extra, ele passa mais tempo na escola e deixa muitas vezes de ficar na rua ou exposto a alguma situação de vulnerabilidade. Temos muitos alunos que ao longo do ano já tiveram avanços significativos em relação à aprendizagem e ao comportamento”.

A gestora também ressalta o diferencial do artesanato. “Por meio das oficinas de artesanatos, os estudantes podem estimular suas famílias a terem uma renda extra. Alguns dos nossos alunos estão confeccionando peças para uso comercial, peças como estas que estão expostas aqui”, apontou Cleonice.

Grande parte dos materiais utilizados na produção das peças é reciclada ou procedente da natureza. Para o professor Eliezer Pereira da Silva, ensinar sua arte aos jovens é uma atividade muito prazerosa e enriquecedora. “Passar adiante um pouco da minha arte e lições importantes como sustentabilidade é uma experiência fantástica, ainda mais quando a gente percebe o interesse e dedicação deles. É muito bom perceber que existe uma identificação e muito amor à arte”, diz, emocionado, o educador.

Gabriel Alberth Pires, aluno do 6° ano, tem parte da sua produção divulgada na exposição. Para ele, o aprendizado tem sido bastante significativo. “Gosto muito das oficinas e estou aprendendo muito com as aulas do professor Eliezer”, afirma o estudante, que faz de sua arte souvenir para presentear parentes.

As pessoas que circulam pelos espaços da Semed, incluindo os funcionários públicos, param para prestigiar as peças expostas. A exposição permanecerá no espaço da Semed até o dia 10 deste mês.

PROGRAMA NOVO MAIS EDUCAÇÃO EM PARAUAPEBAS

Implantado no município no primeiro semestre de 2017, o Novo Mais Educação conta com a participação de 36 escolas, sendo 27 urbanas, sete rurais e duas indígenas. Ao todo, 4.405 alunos são atendidos no contraturno escolar com atividades voltadas para o Esporte e Lazer, como capoeira, tênis de mesa, karatê, dança, teatro, xadrez, atletismo, basquete, futsal, futebol e vôlei; Cultura e Artes, como artesanato, leitura, violão, pintura e educação patrimonial e ainda acompanhamento pedagógico em Língua Portuguesa e Matemática.

Texto e fotos: Messania Cardoso  | Semed
Assessoria de Comunicação - Ascom | PMP

Voltar


Rádio Web Atitude Gospel desde 11 de Maio de 2017 - Todos os direitos reservados