Menu


Governo de Goiás distribui “bonecas transgênero” para crianças

15 DEZ 2017
15 de Dezembro de 2017

A polêmica deste Natal ficou por conta do governo de Goiás, que distribuiu bonecas com órgão genital masculino. Entre as muitas reclamações e debates nas redes sociais, o argumento mais comum é que os brinquedos promovem a “ideologia de gênero” para crianças.

As “bonecas transgênero”, como foram apelidadas, foram entregues esta semana em diversas cidades do estado para crianças carentes. Muitos pais criticaram a medida, enquanto um número menor defende que os brinquedos serviriam para ensinar sobre diversidade.

Até agora o governo não explicou se foi algum equívoco ou uma ação intencional.

Existem várias imagens e vídeos circulando nas redes sociais denunciando as bonecas. Em um deles, um pai da cidade de Novo Gama mostra uma boneca vestida com roupas de menina, mas por baixo da roupa é um corpo masculino.

Neliane Macedo, 30 anos, mãe de duas meninas, uma de cinco anos e outra de 11, conta que as bonecas foram entregues no colégio estadual onde as meninas estudam. Contudo, geraram constrangimento, pois em casa uma das filhas retirou a roupinha e questionou: “Mamãe, homem não usa batom. O papai não usa batom”.

A mãe da criança relata que a filha ficou tão confusa que perguntou se podia “retirar o ‘piupiu’ da boneca”. Ela diz também que o pai das meninas ficou irritado e considerou uma “falta de respeito”.

“Sou super a favor em explicar, mas a escola deu essas bonecas sem nenhum aviso. Cada família é uma família. Nós somos cristãos e eu ensino as minhas filhas a respeitar as pessoas, independente de como são, mas assim, foi bem constrangedor”, lamentou a dona de casa.


Voltar


Rádio Web Atitude Gospel desde 11 de Maio de 2017 - Todos os direitos reservados